Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

bicho do mato

Aqui fala-se de natureza, aves, bichos em geral e do que mais me passar pela cabeça

bicho do mato

Aqui fala-se de natureza, aves, bichos em geral e do que mais me passar pela cabeça

01
Dez17

Onde observar: Espaço Interpretativo da Lagoa Pequena (Sesimbra)

Parte integrante do sistema lagunar da Lagoa de Albufeira, este local apresenta uma exuberante biodiversidade e é um dos meus locais preferidos para observação.

 

Lagoa da Estacada - Sesimbra (20-02-2016).JPG

 

 Esta ZPE (Zona de Protecção Especial), constituida pelas lagoas Pequena e Estacada, é gerida de forma conjunta pelo ICNF (Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas), pela SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves) e pelo município de Sesimbra, possuindo vários equipamentos de apoio aos visitantes e contando também com uma bióloga em permanência. Dentro do horário de abertura é possivel visitar o espaço de forma livre ou, em alternativa, marcar uma visita guiada.

 

Lagoa Pequena (16-04-2016)b.jpg

 

Os quatro abrigos de observação/fotografia existentes, em conjunto com a possibilidade de alugar binóculos por uma quantia simbólica, tornam este espaço no local ideal para quem pretenda iniciar-se na observação de natureza. 

  • Existe também ali uma loja da SPEA onde é possível adquirir binóculos, guias de campo ou recordações.

 

Marrequinha (Anas crecca)

 

O habitat é essencialmente composto pelo caniçal adjacente às lagoas, uma zona de salgueiros e alguns pinheiros. Nas proximidades existem grandes manchas de pinhal e também algum eucaliptal. Ao passo que a Lagoa Pequena - por estar ligada à lagoa de Albufeira - contém água salgada, a lagoa da Estacada é composta por água doce pois foi criada nos anos 80 pelo ICNF através da construção de um pequeno dique que levou ao alagamento permanente de uma zona de cheias na confluência das ribeiras da Aiana e da Ferraria. Isto criou um nicho ecológico algo diferente daquele que já ali existia.

 

Garçote (Ixobrychus minutus)

 

Aqui podemos observar uma míriade de passeriformes como vários chapins, gralhas-pretas, estorninhos, bicos-de-lacre, escrevedeiras, pintassilgos ou verdilhões, bem como várias espécies de patos como  a frisada, a marrequinha, o pato-real ou o pato-trombeteiro e até mergulhõesgalinhas-d'água, frangos-de-água, garças-reais e garças-vermelhas. Podemos também encontrar o críptico garçote ou o deslumbrante - e em tempos quase extinto - Camão. A colocação dos abrigos junto à água permite-nos uma aproximação ímpar relativamente aos bichos, pelo qual é importante termos em mente de devemos fazer tudo para não os incomodar... afinal este é o "seu" santuário.

 

Frisada (Anas strepera)

 

Em suma, este é um agradável espaço que permite ao naturalista mais inveterado observar mais de meia centena de espécies de aves (para não falar de plantas e insectos) e que ao "comum dos mortais" traz promessas de uma manhã (ou tarde) passada em comunhão com a natureza, não assim tão longe dessa grande floresta de betão que é Lisboa. Para as crianças pode ser um importante veículo de educação ambiental, ajudando-as a ganhar gosto pela observação da natureza. Vale a pena a visita.

 

Camão (Porphyrio porphyrio)

 

É importante reter:

  • respeitar a natureza
  • respeitar a gestão do espaço
  • respeitar os restantes visitantes
  • não deixar nada para além de pegadas (e porque não um pequeno donativo?)
  • não levar nada a não ser boas recordações, fotografias e vontade de voltar

Boa visita!

 

Pato-trombeteiro (Anas clypeata)

 

 [EN]

As a part of the lagoon system of Lagoa de Albufeira, this place has an exuberant biodiversity and is one of my favorite places for observation.

 

This SPA (Special Protection Area), formed by the Pequena and Estacada lagoons, is jointly managed by the National Institute for the Conservation of Nature and Forests (ICNF), SPEA (Portuguese Society for the Study of Birds) and the municipality of Sesimbra, having several visitor support equipments and also counting with a permanent biologist. Within the opening hours it is possible to visit the space freely or alternatively to book a guided tour. The four existing observation/photography shelters, coupled with the possibility of renting binoculars for a token amount make this space the ideal place for anyone wishing to embark on nature observation.

There is also a SPEA store where you can purchase binoculars, field guides or souvenirs.

 

The habitat is essentially composed by reeds, willows and some pine trees. Nearby there are some large areas of pine forest and also some eucalyptus. Whereas the Lagoa Pequena - because it is linked to the Albufeira lagoon - contains salt water, the Estacada lagoon is composed of fresh water because it was created in the 80s by the ICNF through the construction of a small dam that led to the permanent flooding of a flood zone at the confluence of the Aiana and Ferraria streams. This created an ecological niche somewhat different from the one that already existed there.

 

Here we can observe a myriad of passerines such as some species of tits, carrion crows, starlings, waxbills, cirl buntings, goldfinches or greenfinches, as well as several species of ducks such as the gadwall, the common teal, the mallard duck or the northern shoveler and even little grebes, moorhens, water rails, grey herons, and red herons. We can also find the cryptic little bittern or the stunning - and in time almost extinct - purple swamphen. The placement of the shelters by the water allows us a unique approach to the animals, so it is important to keep in mind that we must do everything to avoid disturbing them... after all, this is the "their" sanctuary.

 

In short, this is a pleasant space that allows the most inveterate naturalist to observe more than half a hundred species of birds (not to mention plants and insects) and to the "common mortal" it brings promises of a morning (or afternoon) spent in communion with nature, not that far from the large concrete forest that is Lisbon. For the children it can be an important vehicle for environmental education, helping them to gain a taste for nature observation. It's worth the visit.

 

It is important to keep in mind:

  • respect nature
  • respect the space management
  • respect the remaining visitors
  • do not leave anything apart from footprints (and why not a small donation?)
  • do not take anything but good memories, photographs and the will to return

Enjoy your visit!

2 comentários

Comentar post

Eu

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts destacados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D