Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

bicho do mato

Aqui fala-se de natureza, aves, bichos em geral e do que mais me passar pela cabeça

bicho do mato

Aqui fala-se de natureza, aves, bichos em geral e do que mais me passar pela cabeça

18
Out17

Se não os podes vencer, junta-te a eles...

Num mundo (demasiado) formatado de acordo com os interesses da espécie humana e em que os restantes animais vão sobrevivendo como podem, algumas espécies adaptaram-se melhor que outras e aprenderam a "utilizar-nos" como ferramenta de prosperidade.

 

Talvez esta espécie esteja entre as mais adaptáveis e oportunistas. Caçadores, pescadores e até necrófagos, é possível encontrá-los a pescar os invasores lagostins-vermelhos nos nossos ribeiros, a seguir tractores agrícolas em busca de algum pequeno animal fugitivo, a devorarem os restos de alguma vítima de atropelamento ou até a alimentarem-se do nosso lixo nos aterros.

 

A sobrevivência que se diz ser apanágio dos fortes, é na realidade um privilégio dos adaptáveis.

 

- Milhafre-preto (Milvus migrans)

- IBA* Planícies de Évora (09-05-2016)

* (Important Bird Area)

 

Milhafre-preto (Milvus migrans)

 

[EN]

If you can not beat them, join them...

 

In a world too formatted according to the interests of mankind and where the remaining animals survive as they can, some species have adapted better than others and have learned how to "use" us as a tool of prosperity.

 

Perhaps this species is among the most adaptable and opportunistic. Hunters, fishers and even scavengers, you can observe them catching the red crawfish that invades our brooks, following farm tractors in search of some small escaped animal, devouring the remains of some roadkill victim or even feeding of our trash in the landfills.

 

Survival, which is said to be the hallmark of the strong, it's actually a privilege of the adaptable ones.

 

- Black Kite (Milvus migrans)

- IBA* Plains of Évora - Portugal (09-05-2016)

* (Important Bird Area)

 

Eu

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts destacados

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D