Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

bicho do mato

Aqui fala-se de natureza, aves, bichos em geral e do que mais me passar pela cabeça

bicho do mato

Aqui fala-se de natureza, aves, bichos em geral e do que mais me passar pela cabeça

23
Mai18

A Falsa Serpente

Bastas vezes confundido com uma cobra, o licranço é na verdade um lagarto desprovido de patas. Podendo crescer até aos 50cm, estes animais gozam de uma longevidade pouco comum entre os lagartos, chegando a viver até aos 30 anos.

 

Licranço (Anguis fragilis)

 

Sendo um animal ovovivíparo, a fêmea dá à luz crias totalmente desenvolvidas. A sua pele composta por escamas (não sobrepostas) lisas e brilhantes valeu-lhe a alcunha de cobra-de-vidro mas, tal como os restantes lagartos, a sua muda de pele ocorre por farrapos e não toda de uma vez. Possuem também a faculdade da autotomia, podendo perder parte da sua cauda como medida de protecção contra predadores.

 

Licranço (Anguis fragilis)

 

Ao contrário da crença popular, não possui qualquer tipo de veneno sendo por isso um animal perfeitamente inofensivo e até muito útil, pois alimenta-se de lagartas, lesmas e outros invertebrados. 

 

Licranço (Anguis fragilis)

- Licranço (Anguis fragilis) 

- Montalegre (11-05-2018)

 

[EN]

The Fake Snake

 

Sometimes mistaken for a snake, the slow-worm is actually a legless lizard. Growing up to 50cm these animals enjoy a rare longevity among lizards, reaching up to 30 years.

Being an ovoviviparous animal, the female gives birth to fully developed offspring. His skin made up of smooth and shiny scales earned him the nickname of glass-snake (in Portugal) but like the other lizards, his skin change occurs in patches rather than all at once. Also, they have the faculty of autotomy - the ability to shed the tail as protection against predators.

Contrary to popular belief, it does not possess any type of poison and is therefore a perfectly harmless and even very useful animal, as it feeds on caterpillars, slugs and other invertebrates.

- Slow-worm (Anguis fragilis

- Montalegre - Portugal (11-05-2018)

Eu

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts destacados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D