Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

bicho do mato

Aqui fala-se de natureza, aves, bichos em geral e do que mais me passar pela cabeça

bicho do mato

Aqui fala-se de natureza, aves, bichos em geral e do que mais me passar pela cabeça

18
Set17

O maravilhoso mundo das aves

Geralmente, o "comum dos mortais" que nunca se aproximou de um estuário, nunca olhou com atenção para as rochas numa praia, nunca observou atentamente um parque urbano ou nunca teve qualquer interesse por aves, tende a julgar que a avifauna portuguesa se resume a gaivotas, pardais, melros, pombos-fatelas e pouco mais. Tais pessoas nem imaginam o quão longe estão da realidade. Segundo o avesdeportugal.info, "em Portugal Continental já foram registadas 439 espécies de aves em estado selvagem, às quais se podem somar 13 outras espécies sob as quais subsistem dúvidas acerca da sua origem".

 

Ao entrarem pela primeira vez neste mundo, estes "muggles" ornitológicos rapidamente se deparam com a imponência das rapinas, a variedade dos passeriformes, a graciosidade das garças, a "lata" das gaivotas, a simpatia" dos patos ou o colorido dos guarda-rios e abelharucos... depois descobrem aquelas aves especiais que, por serem raras ou de difícil observação, atraem todas as atenções quando resolvem mostrar-se. De repente abre-se todo um mundo novo de vida, cores, sons e movimento.

 

Para uns, é a primeira vez que observam a miríade de aves nos céus das lezírias. Para outros, uma rapina a capturar a sua presa ali mesmo à frente dos seus olhos, ou até a primeira raridade que encontram... certo é que é impossível não existir pelo menos um momento de deslumbre, uma imagem que os deixa literalmente de boca aberta, incrédulos.

 

Gaivota-prateada (Larus argentatus)Gaivota-prateada (Larus argentatus) Trafaria - Almada (19-11-2016)

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Eu

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Últimas Observações

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub